[Skip to Content]

Register to receive the weekly OMFIF Commentary, on the stories behind global economic and financial news.

* Required Fields

Member Area Login

Forgotten Password?

Forgotten password

Shop

A Convergência das Nações: Porque é agora o tempo de África

Cover Convergence Of Nations Portuguese

África tem um perpétuo futuro promissor. O seu potencial é tentador, inspirador, capaz de mudar o mundo - e insistentemente difícil de se tornar realidade. No entanto, o tempo de África está finalmente a chegar, resultado de mudanças políticas e económicas em todo o mundo, tal como por todo este continente disperso, fascinante e exasperante. A sua população é jovem, dinâmica e cada vez mais educada. Os cidadãos africanos estão a regressar dos países desenvolvidos, ansiosos para estimularem o progresso e a prosperidade nos seus países. O resultado é maior auto-confiança, mais abertura e democracia, governos com melhor execução e economias melhoradas.

Jean-Claude Bastos de Morais, um investidor e empreendedor angolano-suíço, e uma equipa de 31 autores de 15 nações reuniram um relato vivo e abrangente da realidade caleidoscópica de África. Seja em energia, agricultura, mercados de capitais e mineração, ou em novas formas de produção, tecnologia de internet, música pop, moda e pagamentos móveis, África oferece ao mundo importantes histórias de sucesso.

Neste, dos mais heterogéneos e fragmentados continentes, não há nenhuma narrativa única e não faltam exemplos de pobreza, doenças, conflitos e má gestão; o terrorismo e as consequências turbulentas da Primavera Árabe deixaram a sua marca. No entanto, África apresenta uma mensagem geral de esperança, incentivo e ambição.

A Convergência de Nações exibe África em todas as suas facetas. Estabelece novos preceitos para um "capitalismo Africano": aberto ao investimento mundial, estabelecendo práticas económicas próprias, baseadas nas melhores ideias internacionais, e gerando um crescimento inclusivo, que realmente beneficia as sociedades africanas.
 
Deslumbrante no seu âmbito, cativante na sua compreensão do detalhe, este livro estabelece preceitos para estender as energias renováveis, travar o Ébola, modernizar plantações, lutar contra caçadores furtivos e construir parques industriais. Examina a vida de empreendedores de capital privado e mortes desnecessárias de trabalhadores com baixos salários, privados de serviços de saúde.
A Convergência de Nações estende-se à cultura, artes e indústrias criativas, descrevendo os estilos flutuantes de Acra e a música House sul-africana, as diversas faces da moda queniana e a extravagância dos filmes de Nollywood da Nigéria.

Este é um livro sobre África, para a África, escrito por africanos - de valor para quem procura um guia para o futuro do mundo.